31 4103-7429
31 99235-5524 Rua dos Tupis, 185, Loja 5 - Centro | Belo Horizonte/MG
O que fazer e o que evitar ao solicitar a impressão do seu material gráfico

O que fazer e o que evitar ao solicitar a impressão do seu material gráfico

A impressão gráfica é um processo que pode ser dividido em diferentes etapas, e cada uma delas merece a devida atenção para que o seu material apresente um resultado coerente com as expectativas do cliente. Para isso, há algumas dicas básicas que separamos para que você entenda bem algumas fases do processo, e, assim, consiga acompanhar e entender melhor como ocorre a produção do seu material gráfico.

O primeiro passo é talvez um dos mais importantes: a criação e diagramação da imagem que sobre a qual será desenvolvido o material. Essa etapa, por sua vez, é dividia em algumas partes – a começar pela resolução da imagem utilizada. Se ela tiver menos que 300 dpi, mesmo que aparente uma resolução satisfatória no computador, é provável que na impressão o efeito será bastante diferente (de uma forma negativa).

Ao desenvolver essa imagem, muitas vezes as pessoas utilizam programas que não são indicados para esse tipo de trabalho (como o Word, por exemplo). Para que a qualidade seja garantida, o formato mais indicado é o PDF/x1-a – e para isso, os programas mais apropriados são o Photoshop, Corel Draw, Illustrator e similares.

Outra fase do processo de produção do seu material gráfico que merece atenção é o corte. Se você pretende fazer cartões de visita, por exemplo, a sua imagem deve ser elaborada de forma que seja considerada uma margem de sangria – isto é, pode ser que no momento do corte haja uma pequena variação que pode ter até 3mm. Se a imagem for elaborada com uma margem de sangria e ocorre essa variação, é evitado que o resultado final apresente bordas brancas.

Especifique também o tipo de enobrecimento que será aplicado ao seu material gráfico. Por exemplo, cartão de visita frequentemente tem verniz localizado, mas existem outros tipos também, como o relevo e o hot stamping, entre outros.

Se você tiver cuidado com essas especificações e indica-las corretamente, é praticamente garantido que o resultado irá atender às suas expectativas. Esperamos que essas dicas tenham sido úteis para a produção do seu material gráfico!